Notícias

1 14/10/2021 10:41

Ataque começou a partir de uma briga entre pessoas que estavam na festa, em Salvador. Com isso, um grupo passou a atirar contra o outro; pessoas que estavam no meio do evento foram atingidas

Seis pessoas morreram e 12 ficaram feridas após um ataque armado em uma festa de rua no bairro do Uruguai, em Salvador. O ataque aconteceu entre a noite de terça (12) e a madrugada de quarta-feira (13), na Rua Voluntários da Pátria, em uma localidade conhecida como Pistão.

Informações preliminares, apuradas pela polícia, apontam que o ataque armado começou a partir de uma briga entre pessoas que estavam na festa. Um grupo teria iniciado os disparos contra o outro, e as pessoas que estavam no evento foram atingidas.
No final da manhã, dois homens, que também ficaram feridos, foram presos após serem socorridos e levados para o Hospital do Subúrbio. A Polícia Civil investiga a participação de outras pessoas no confronto.

Veja abaixo o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso:

Quem morreu?
Quando o crime aconteceu?
O que aconteceu antes das mortes?
Quem já foi preso?
Qual a motivação da briga?

Quem morreu?
 
Seis pessoas morreram após serem baleadas durante o confronto. As vítimas foram identificadas como Adriane Oliveira Santos, Alexsandro dos Santos Seixas, 16 anos, Brenda Buri, 21 anos, Deivison da Conceição Santos Santana, Jailton Sales do Santos e Kadson dos Santos Passos.

Quando o crime aconteceu?
 
O ataque aconteceu entre a noite de terça (12) e a madrugada desta quarta-feira (13), na Rua Voluntários da Pátria, em uma localidade conhecida como Pistão. Carros que estavam estacionados no local ficaram com as marcas dos disparos.
 

O que aconteceu antes das mortes?
 
Muitos jovens dançavam em uma festa de rua. O ataque armado começou a partir de uma briga entre pessoas que estavam no local. Com isso, um grupo passou a atirar contra o outro, e pessoas que estavam no meio do evento também foram atingidas.

Quem já foi preso?
 
Dois suspeitos de participarem do ataque foram presos horas após o crime. A dupla, que estava ferida, foi custodiada no Hospital do Subúrbio, que fica na capital baiana. Com a prisão desses dois suspeitos, o DHPP espera encontrar outras pessoas que também participaram da ação.

Qual a motivação da briga?
 
A delegada Andréa Ribeiro, coordenadora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirma que a motivação da briga ainda está sendo apurada.



*g1Bahia

 







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.430-180
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.