últimas notícias

Notícias

1 15/05/2019 18:35

A virose é uma infecção por vírus que causa muitos sintomas. Ela pode invadir o organismo e causar várias doenças, sendo elas respiratórias, doenças de pele, neurológicas, hepáticas e até doenças mais graves, como pneumonia, por exemplo.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos, da Rádio Andaiá FM, na manhã desta quarta-feira (15/5), a infectologista Tiana Mascarenhas contou que se a virose não for cuidada devidamente pode se agravar. “Virose é a infecção por microrganismo viral capaz de causar sintomas. Os principais sintomas são febre, mialgia, dor de cabeça, dor nas juntas. Dependendo do órgão em que o vírus for alojado aparecerão os sintomas específicos”, explicou a doutora.

De acordo com Tiana Mascarenhas, a virose pode ser evitada através da vacinação. “Não é para qualquer tipo de vírus que temos vacinas disponíveis. Atualmente, para vírus respiratórios, que é o vírus da influenza, temos vacinas disponíveis que são capazes de preparar o nosso corpo para que no momento que tivermos contato com o vírus já tenhamos uma defesa. A vacina da tríplice viral também promove uma defesa contra algumas doenças importantes causadas por vírus na infância e na adolescência. Também temos as vacinas de hepatite A e B, entre outras. Então a vacina é o principal método de defesa contra os vírus que causam doenças”, ressaltou.

Ainda de acordo com a médica, quando o vírus é descoberto pela pessoa, através dos sintomas, é necessária à procura de um médico rapidamente e não de uma automedicação. “É importante ressaltar que a automedicação pode representar um dano maior para a saúde do que a própria infecção viral, porque para uns tipos de vírus temos contraindicações de alguns medicamentos, anti-inflamatórios. Como os sintomas são inespecíficos e comuns para boa parte das doenças, não existe um jeito da percepção do próprio paciente dar um diagnóstico. É através do exame clínico e se necessário for de outros exames complementares que saberemos o diagnóstico definitivo. Procurar a assistência médica é sem dúvida o primeiro passo que o paciente deve recorrer”, alertou.

Para a infectologista é impossível o paciente contrair a mesma virose várias vezes. Segundo ela, os sintomas podem ser semelhantes, mas o vírus é outro. “Todas as vezes que estamos em contato com o vírus, o nosso organismo é capaz de instituir defesas que vão ajudar, no primeiro momento, no caso de entrarmos em contato com o mesmo vírus. Como os sintomas são inespecíficos, por vez acreditamos que infectamos pelo mesmo vírus, quando na verdade foi por um vírus diferente. Dificilmente alguém vai adoecer pelo mesmo motivo”, afirmou.

A gripe é um tipo de doença viral que tem preferência por sintomas respiratórios. “Além daqueles clássicos sintomas de dores por todo o corpo, a gripe vem com a congestão nasal, tosse, dor de garganta e dificuldade na respiração, entre outros sintomas. Nessa época do ano, outono e começo de inverno, é o momento que recebemos uma quantidade maior de casos de viroses causadas pelo vírus da gripe. A gripe pode ser tranquila para boa parte das pessoas, mas para outras com um potencial de gravidade muito grande”, avisou.

O uso da vitamina C é um suporte na formação da defesa contra o vírus, mas não quer dizer que ela é capaz de 'matar' algum vírus. “A vitamina C ela ajuda na defesa, mas não é um tratamento para a virose, não se pode confiar nessa indicação para resolver todos os problemas, todos os sintomas causados pelas infecções virais”, finalizou.

 







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.