últimas notícias

Notícias

1 12/02/2019 15:46

Cristina Pita e Geovana Lohan

Moradores do bairro da Urbis II denunciaram a destruição de uma área arborizada que eles chamam de 'parque ecológico' e que teria sido cultivada por eles mesmos na Rua Alameda 6, conhecida como Rua da Jaqueira, em Santo Antônio de Jesus. “Levamos anos para plantar e construir o nosso parque”, disse uma moradora durante entrevista a Frank Monteiro, na Rádio Andaiá FM.

Os moradores do bairro suspeitam de um homem, que mora na Urbis II, e que estaria há duas semanas destruindo a área. A moradora de prenome Neide informou que mora há 35 anos no  bairro. “Nossos filhos foram criados aqui. O parque ecológico é muito bonito e muito bem apreciado por todos. Levamos anos para plantar as árvores e construir o parque para chegar um cidadão, que atualmente mora de aluguel, e destruir tudo”, lamentou.

De acordo com Neide, no local ocorreram vários eventos e nunca houve qualquer tipo de destruição do parque. “Nunca reclamamos de nenhum evento feito anteriormente, mas esse cidadão está mexendo com nossas árvores. Isso não pode acontecer”, denunciou.

Segundo Neide, o suspeitoteria dito que  'tudo que acontece no parque ecológico o incomoda'. “Ele destruiu porque as árvores o incomodam, as flores o incomodam, as crianças e o ‘bater’ do dominó também o incomodam. Ele até já colocou cacos de vidros no campo para as crianças não jogarem bola. Ele também expulsou as crianças porque o barulho o incomodava”, ressaltou.

Ainda segundo Neida, o primeiro morador que começou com o projeto do parque ecológico na Urbis II está doente por causa da situação. “O senhor que construiu a primeira árvore está doente, tanto ele quanto a esposa. Já procurei as autoridades responsáveis para nos ajudar com essa situação”, informou a moradora.

O Ministério Público e a secretaria Municipal do Meio Ambiente fortam acionados. "O secretário Hélio de Aguiar compareceu ao local com o engenheiro da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária(EMBRAPA) e coletou uma amostra da terra, o que confirmou a presença de veneno. O Promotor de Justiça Julimar Barreto também está sabendo do assunto. A única coisa que queremos é uma providência porque não podemos deixar o nosso parque ecológico destruído como está”, afirmou.

Outro morador, de prenome Ulisses,contou que percebeu a destruição da terra quando ele foi limpar a área. “Já plantei muitas coisas no parque. Eu podo e limpo tudo. Fui para a Ilha e uma menina me ligou dizendo que as árvores estavam morrendo. Quando retornei, vi tudo acabado. Não temos prova que é esse cidadão, mas tudo indica que sim. Só estamos esperando a prova”, concluiu.

 

 







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.