Esportes

1 15/07/2019 09:00

Um gol aos 43 minutos do segundo tempo, marcado por um garoto da base, tirou o Athletico-PR do sufoco no jogo deste domingo (14) contra os reservas do Internacional, na Arena da Baixada, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. 

A vitória de 1 a 0 em um jogo de muita correria dá mais tranquilidade para a equipe treinada por Tiago Nunes, que preferiu não poupar ninguém para o duelo do meio de semana contra o Flamengo pela Copa do Brasil, foi a 13 pontos e se distanciou um pouco da zona de rebaixamento, ocupando o 12º lugar. 

Já o time de Odair Hellmann, que optou por poupar seus titulares pensando no jogo decisivo contra o Palmeiras, pelo mesmo torneio mata-mata, fica com os 16 pontos e um tanto mais distante da briga pelo título - é o quarto, a dez do líder Palmeiras. 

O jogo começou com um gol anulado por impedimento do colombiano Tréllez logo no primeiro minuto. Mas quem esteve melhor em uma etapa inicial de poucas emoções foi o Athletico. Contudo, a superioridade técnica do time da casa só começou a despontar na partida a partir do segundo terço do primeiro tempo. 

Até os 15 minutos, o panorama foi de total equilíbrio, com os suplentes colorados bem posicionados na parte defensiva enquanto aguardavam brechas nas costas dos laterais do adversário para contra-atacar. 

Aos 16, porém, teve início a blitz do Athletico, que já vem se tornando notória quando o time de Tiago Nunes atua em casa. E começou com uma ótima participação de Marcelo Cirino que só terminou no travessão graças a leve toque do goleiro Marcelo Lomba após finalização.

Nem mesmo a rápida resposta da equipe gaúcha, dois minutos depois, com Tréllez assustando em rebote da entrada da área por sobre o gol de Santos, conseguiu diminuir a carga ofensiva imposta pelos anfitriões, que tinham um domínio territorial do jogo, mas não eram incisivos. 

Na volta para o segundo tempo, logo aos dois minutos, Rony cabeceou por cima, com Rafael Sóbis replicando no lance seguinte com um belo chute de fora da área que assustou Santos e passou rente à trave direita.

Na verdade, quem voltou do intervalo mais ligado foi o Inter, com uma postura mais ofensiva. Aos oito minutos, novamente Tréllez assustou a defesa rubro-negra ao aproveitar cruzamento rasteiro de Rodrigo Lindoso da direita para grande defesa do goleiro Santos, na melhor chance da equipe visitante na etapa final. 

 O Athletico, por sua vez, tentava a todo momento uma outra jogada exaustivamente repetida nos jogos na Arena da Baixada: a ligação direta, apostando na velocidade de seu trio ofensivo. Em uma delas, pela esquerda, Marco Ruben obrigou Lomba a fazer defesa no reflexo, aos 14 minutos.

A intensidade dos momentos iniciais, entretanto, não foi mantida no restante do segundo tempo, que foi marcado por muita luta e correria dos dois times, mas pouco apresentou em termos de emoção efetiva.

Até que aos 43 minutos, o reserva Vitinho, que entrara poucos minutos antes no lugar de Marcelo Cirino, quebrou a monotonia e evitou o placar em branco com um belo chute de média distância da esquerda, surpreendendo Lomba e dando números finais ao jogo.

Os dois times voltam a campo pelo Brasileirão no próximo fim de semana. O Athletico-PR vai a Maceió para enfrentar o CSA no sábado, às 19h, no Rei Pelé. No mesmo dia e horário, o Inter tem pela frente o clássico diante do Grêmio, que desta vez será disputado no Beira-Rio. 

Estadão







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.